Igreja

Igreja
A Igreja é de Cristo e é essa que o cristão deve ambicionar servir e não usar

quinta-feira, 4 de maio de 2017

São Josemaría Escrivá nesta data em 1941

Escreve a D. Leopoldo Eijo y Garay, Bispo de Madrid: “Já não me restam lágrimas para chorar: o Senhor pediu-me a honra e a mãe. Julgo que lhas dei com toda a minha vontade. O corpo, de vez em quando, não pode mais; mas sinto continuadamente, no íntimo da alma, a verdade daquelas palavras que se lêem no Evangelho de hoje: et gaudium vestrum nemo tollet a vobis! [e ninguém vos tirará a vossa alegria]”. A sua mãe tinha falecido a 22 de Abril deste ano.

Guadalupe Ortiz Landázuri 1916 /1975

O CANSAÇO E A VIDA QUOTIDIANA NA FAMÍLIA

Chega-se cansado a casa. O cansaço é legítimo. O mau humor, não. Convém lembrar que o homem cansado é propenso ao mau génio, já que tem as defesas baixas e os nervos destemperados.

O cansado tende ao hermetismo. Não é comunicativo.

É preciso dar ao cansado um tempo para decantar as fadigas e preocupações de um dia de trabalho. Deve-se permitir ao guerreiro deixar suas armas, desmontar e recompor-se.

Procura desfazer-se quanto antes de sua mercadoria. Interrompe quando não deve, tem mais pressa quanto mais deve esperar. É a hora heróica dos pais.

O carinho dos filhos vale mais que o esgotamento.

Ao chegar a casa, nenhum pai pode abrir a porta e dizer: “Missão cumprida”.

Se ele acha que a casa é o lugar das compensações egoístas, um pai de família perdeu-se. A recompensa verdadeira é a de ver-se rodeado por afecto.

O carinho dos filhos não é um carinho abstracto, teórico. É tangível. Percebe-se. Toca-se.

Os olhos das crianças estão a dizer: “Sede meu pai. Tu és forte, mais forte que o cansaço”.

DIEGO IBAÑEZ LANGLOIS

O Evangelho do dia 4 de maio de 2017

Ninguém pode vir a Mim se o Pai que Me enviou não o atrair; e Eu o ressuscitarei no último dia. Está escrito nos profetas: “E serão todos ensinados por Deus”. Portanto, todo aquele que ouve e aprende do Pai, vem a Mim. Não porque alguém tenha visto o Pai, excepto Aquele que vem de Deus; Esse viu o Pai. Em verdade, em verdade vos digo: O que crê em Mim tem a vida eterna. Eu sou o pão da vida. Vossos pais comeram o maná no deserto e morreram. Este é o pão que desceu do céu para que aquele que dele comer não morra. Eu sou o pão vivo descido do céu. Quem comer deste pão viverá eternamente; e o pão que Eu darei é a Minha carne para a salvação do mundo». 

Jo 6, 44-51